quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Data M: Mesmo com mentiras e calúnias, Edivaldo Holanda Júnior continua na dianteira!




A uma semana da eleição, o candidato a prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (PTC) registra vantagem sobre o atual prefeito da capital, João Castelo (PSDB). Na pesquisa realizada pelo Instituto Data M, Edivaldo chegou a 33% da intenção de votos contra 32,3% de João Castelo. Isso se caracteriza um empate técnico, já que a margem de erro da amostra é de 3% para mais ou para menos.

O terceiro lugar continua sendo ocupado pelo vice-governador Washington Oliveira (PT), que alcançou os 11,6%, seguido pela deputada Eliziane Gama (PPS), com 6,9%.
O ex-prefeito Tadeu Palácio (PP) possuiria, de acordo com a pesquisa, 4,7% dos votos, caso as eleições fossem hoje. Depois dele, viriam Marcos Silva (PSTU) com 2%, Haroldo Sabóia (PSOL),0,6%, e Ednaldo Neves (PRTB) 0,4%. Não sabem ou não responderam: 8,6%.

A pesquisa mediu também o índice de rejeição dos candidatos. Quando perguntados em que candidato não votariam de jeito nenhum, o primeiro lugar ficou com João Castelo, que teve 35,3% de rejeição.
13,5% disseram que não votariam em Tadeu Palácio. 13,3% responderam Washington Oliveira (PT), 8,4% responderam Haroldo Sabóia; Edivaldo Holanda Júnior, 6,6%; Marcos Silva, 6,4%; Eliziane Gama, 3%; Ednaldo Neves, 2,3%. Não sabem ou não responderam somaram 11,4%.

Outra pergunta

Dentre todos os entrevistados, 57,3% afirmaram, quando perguntados, que João Castelo não merece ser reeleito. Já outros 38,6% acham que o atual prefeito merece uma nova chance. 4,1% dos entrevistados não responderam à pergunta.

2º Turno

A pesquisa Data M também fez simulação de segundo turno. Os números de uma possível disputa entre Edivaldo e João Castelo apontam a vitória do candidato de oposição.
Segundo a pesquisa, Edivaldo chegaria a 49,4% dos votos em segundo turno e João Castelo teria 36,6%.
A pesquisa foi encomenda pelo portal O Imparcial Online, e realizada entre os dias 25 e 26 de setembro com 800 pessoas. Tem margem de erro de 3% para mais ou para menos e está registrada sob o protocolo 0307/2012.


Um comentário:

  1. Vamos ver se dessa vez o eleitor não erra.

    ResponderExcluir